Silvio Rodríguez denuncia crime cultural do bloqueio a Cuba

16/05/2009 01:10

O bloqueio segue sendo uma política viva do governo dos EUA. A cultura continua sendo vítima dos caprichos dessa absurda política. Recentemente, o extraordinário cantor cubano, Sílvio Rodriguez, foi impedido pelo bloqueio de participar, em Nova York, das homenagens ao músico Pete Seeger, em seus 90 anos de vida. O músico cubano enviou uma mensagem em que denuncia a irracionalidade do bloqueio dos EUA a Cuba.


Mensagem de Silvio Rodriguez a sua irmã e gerente, em Havana:

É sexta-feira, 1º de Maio, são 20 horas e 40 minutos em Paris e acabo de visitar a página onde a embaixada americana e francesa publicam notícias sobre os vistos solicitados. O meu visto está em trâmite, como desde o primeiro dia em que o solicitei. Como hoje era o dia do meu vôo a Nova York e o visto não foi liberado, amanhã parto para Havana.

Podes passar essa mensagem a Tao, neto de Pete e a Bill, o advogado, com meus sinceros agradecimentos pelos seus esforços e o meu pesar pelo pouco respeito que o Departamento de Estado mostrou ao convite que eles me fizeram para celebrar os 90 anos do querido Pete Seeger, lenda viva da canção norte americana.

Creio que a atitude do Departamento de Estado é muito contraditória com o desejo expressado pelo presidente Obama de uma aproximação com Cuba. Como trabalhador da cultura cubana continuo a senti-la bloqueada e descriminada por outros governos. Oxalá que isso mude algum dia. Obrigada pela tua ajuda.

Sívio

Nota: Pete Seeger é cantor e folclorista americano, popularizou melodias de seu país ao mundo e esteve sempre ao lado das melhores causas com seu canto. No final dos anos 50, buscando uma melodia típica e popular cubana para incorporar ao seu repertório, tomou o estribilho e a melodia de Guantanamera e o usou com estrofes dos versos de José Martí. O músico cubano Hector Ângulo colaborou com a canção. Hoje ela é uma das canções cubanas mais conhecidas do mundo.

Tradução: Carla Santos

Fonte: Cubadebate

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.