Raúl Castro convoca amplo debate pré-congresso do PC

19/11/2010 18:07

O presidente cubano, Raúl Castro, convocou dirigentes e especialistas a considerar as particularidades de cada território na discussão do Projeto de Orientações da Política Econômica e Social do Partido Comunista e da Revolução.

Esse documento, anunciado há uma semana, será analisado por militantes e pelo povo, de 1º de dezembro até 28 de fevereiro do próximo ano, em preparação ao 6º Congresso que ocorrerá em abril de 2011.


"A diversidade é fundamental. A vida é enriquecida quando há discordâncias, e esta deve ser também uma máxima dentro do Partido", afirmou Raúl Castro durante o primeiro Seminário Nacional sobre o texto.


“Tudo será decidido pelas explicações que se pode dar. Não se trata de convencer sobre o que está escrito no projeto, mas de explicar as questões e recolher todas as opiniões com cuidado, pois neste processo quem vai decidir é o povo", disse ele.


Não que nos tornamos economistas, afirmou, mas, para que o partido exerça o controle que lhe corresponde, deve ter conhecimento.


"Para comprovar como se está cumprindo o estabelecido é preciso preparar-se, por isso é fundamental que as escolas do Partido reestruturem seus currículos", assinalou o Chefe de Estado, segundo o jornal Granma.


Além disso, acrescentou, a Associação Nacional de Economistas e Contadores (ANEC) deve desempenhar um papel mais ativo, tal como os advogados, que devem assessorar da melhor forma.

Muitos erros ocorrem por ignorar-se o que está estabelecido. Muitas vezes se legisla questões que, em seguida, vão para as gavetas. Temos que nos habituar a nos regermos pelos documentos", disse Raúl Castro.


Ele pontuou que as idéias do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, estão presentes em cada uma das diretrizes propostas.


Fonte: Prensa Latina

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.