O bloqueio segue igual: multa milionária a banco australiano

01/09/2009 00:14

HAVANA, Cuba, 27 ago (ACN) - O Australia & New Zealand Bank Group (ANZ), poderoso grupo financeiro australiano, pagou uma multa de 5.750.000 dólares por realizar transações que supostamente beneficiaram Cuba e o Sudão através de contas de bancos estadunidenses, diz um relatório do Departamento do Tesouro, segundo reportagem de El Nuevo Herald, citado por Cubadebate. 

 

O Escritório de Controle de Bens Estrangeiros (OFAC) informou que as violações ocorreram “em operações de comércio internacional e câmbio de moeda estrangeira realizadas entre 2004 e 2006, e envolveram o ANZ no processamento das transações utilizando contas correspondentes de filiais bancárias dos Estados Unidos”.

 

O jornal de Miami acrescenta que a sanção representa o maior montante imposto relacionado com o bloqueio a Cuba desde junho de 2004, quando a União de Bancos Suíços recebeu uma multa de 100 milhões de dólares por permitir, supostamente, que o governo cubano usasse um programa internacional da Reserva Federal dos Estados Unidos para a substituição de notas de dólares em mau estado.

 

Agência Cubana de Notícias

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.