Havana pronta para o 1º de Maio

29/04/2017 01:00
Photo: Yaimí Ravelo

SOB o lema «Nossa fortaleza é a unidade», milhares de trabalhadores da capital participarão, na próxima segunda-feira, do desfile pelo 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalho, que começará às 7h30, na Praça da Revolução José Martí.

A passeata será dedicada à juventude, por ocasião de se comemorar o 55º aniversário da União dos Jovens Comunistas (UJC) e o 56º da Organização dos Pioneiros José Martí.

Por isso, pela primeira vez na história destes desfiles em Havana, a organização que reúne os jovens comunistas abrirá com 50 mil representantes a celebração, «o que significa um enorme privilégio para nós», disse Mai-Lin Alberty Arozarena, primeira secretária do comitê provincial da UJC em Havana.

Estes detalhes foram informados em uma reunião plenária celebrada na capital, em 27 de abril, dedicada a aprontar os detalhes organizativos da mobilização, da qual participaram os membros do Bureau Político Salvador Valdés Mesa, vice-presidente do Conselho de Estado; Mercedes López Acea, vice-presidenta do Conselho de Estado e primeira secretária do comitê provincial do Partido em Havana e Ulises Guilarte de Nacimiento, secretário-geral da CTC.

Ainda, marcou presença a primeira secretária do Comitê Nacional da UJC, Susely Morfa González.

«Os jovens merecem abrir o desfile, porque demonstraram ser continuadores da grande obra que é a Revolução. Junto a eles estarão Camilo e Che Guevara. E também estará nosso Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz», afirmou Mercedes López Acea.

É importante que este desfile «esteja marcado pelo engenho, pela criatividade de todos. Maquetes, pôsteres demonstrarão ao mundo nosso sentir e tornará a comemoração mais colorida, alegre», sugeriu Ulises Guilarte.

 

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.