Fidel exerceu seu direito ao voto

23/04/2015 20:18

O boletim do líder histórico da Revolução com seu voto chegou por volta do meio-dia do domingo (19), ao colégio eleitoral número 1, da circunscrição 13, do município Plaza de la Revolución, em Havana.

 

Fidel dobra voto em eleição deste domingo (20)

O comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, exerceu seu direito ao voto, nas eleições parciais que tiveram lugar em toda Cuba, para escolher os delegados às assembleias municipais (vereadores), no mesmo dia em que se comemoram 54 anos da derrota do imperialismo na Baía dos Porcos.

Em torno das 12h40 minutos chegava ao colégio eleitoral número 1, da circunscrição 13 do município Plaza de la Revolución, o boletim com o voto do líder histórico da Revolução, em um envelope devidamente dobrado, respeitando o caráter secreto da votação.

Fidel foi visitado por um integrante da mesa eleitoral que se encarregou de levar-lhe a cédula e de trazê-la para que depois fosse depositada na urna, como contempla a Lei Eleitoral, para aqueles que estejam aptos para votar mas que por algum impedimento não possam frequentar o colégio eleitoral, sempre e quando esta pessoa solicite exercer esse direito.

 

Carmen Llópiz Casadevall

Carmen Llópiz Casadevall, presidenta da mesa eleitoral do Colégio número 1, da Circunscrição 13, do Conselho Popular El Carmelo, a quem foi entregue o voto do comandante-em-chefe depositou o mesmo na urna.

Fidel Alejandro Castro Ruz, aparece com o número 18 na lista de eleitores do lugar, ao que correspondia exercer seu direito ao sufrágio neste colégio.

Fonte: Jornal Granma

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.