Cucú Diamante sofre represálias nos EUA por cantar em Cuba

02/10/2009 15:12

HAVANA, Cuba, 29 set (ACN) - Ileana Padrón, mais conhecida por seu nome artístico Cucú Diamante, foi proibida de atuar em um baile acadêmico de gala em Union City, New Jersey, por ter participado do 2º show Paz sem fronteiras, realizado em Cuba no dia de setembro.

 

Em um ato eivado de intolerância, a administração escolar da cidade cancelou o acordo com a vocalista do grupo musical Yerbabuena, que havia sido contratada para uma apresentação no dia 26 de setembro.

 

Ao ser questionado pelo representante da artista, o advogado da entidade estatal com o seguinte argumento: a cantora foi vetada por sua recente participação no show Paz sem fronteiras, em Cuba.

 

De acordo com o advogado, as autoridades vêem o desempenho de Cucu Diamante em Cuba como um apoio ao atual “regime político” do país.

 

Acrescentou que receberam ameaças de que ocorreriam atos de desordem, protestos e outras ações contra o baile de gala se fosse permitido a Diamante cantar no evento.

 

Cucú Diamante participou do show assistido por mais de um milhão de pessoas na Praça da Revolução, em Havana, onde artistas de várias nacionalidades interpretaram seus grandes sucessos com o único objetivo de conclamar a paz mundial. A cantora apresentou-se com sua banda, Yerbabuena e o dueto cubano Ogguere.

 

Agência Cubana de Notícias

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.