Cubanos prestam homenagem a Almeida em diferentes partes do país

14/09/2009 20:35

HAVANA, Cuba, 14 set (ACN) - O povo cubano prestou homenagem durante o dia de ontem ao comandante da Revolução Juan Almeida Bosque, falecido nesta sexta, em uma demonstração de respeito e admiração.

 

Desde cedo na manhã deste domingo os cubanos, encabeçados pelo seu presidente Raúl Castro Ruz começaram a desfilar perante a efígie do finado revolucionário, colocada no hall do Memorial José Martí. Raúl esteve acompanhado por dois dos netos de Almeida. Ele foi seguido por outros funcionários de estado e de governo, todos com uma rosa para o herói emblemático. A fila de pessoas que foram à Praça de Havana para prestar homenagem a Almeida era interminável.

 

Por sua vez a população da localidade montanhosa de Terceira frente oriental, fundada pelo lutador durante a época das guerrilhas, ficou abalada pela notícia de sua morte. Bandeiras cubanas e do Movimento 26 de Julho foram hasteadas a meio pau em escritórios, enquanto em muitas casas podia ser visto o emblema nacional pendurado o lado de fora.

 

Enquanto isso, na Praça da Revolução Antonio Maceo na cidade de Santiago de Cuba, milhares de pessoas fizeram uma passeata perante um grande retrato do comandante da Revolução acompanhado de coroas de flores e uma guarda de honra.

 

Almeida, que morreu na sexta-feira passada de uma parada cardíaca, passou à história não apenas como guerrilheiro, mas como um líder militar e político e grande orador, além de criador sensível.

 

Agência Cubana de Notícias

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.