Cuba – mortalidade infantil mais baixa das Américas

07/01/2010 00:30

Cuba fecha 2009 com 4,8% de mortalidade infantil, ou seja, 4,8 falecimentos por mil nascidos vivos, posição que a coloca no hemisfério americano acima de países como Canadá (6), Estados Unidos (7) e Chile (7), de acordo com informe publicado pela UNICEF.

Por sua vez, o diário cubano Granma acrescentou que o indicador foi alcançado “apesar dos riscos normais da gestação e do parto, além do vírus da influenza H1N1 que tem causado óbitos em todo o mundo, em especial às grávidas”.

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.