Cuba forma oito mil médicos de 30 países

19/11/2010 17:48

Cerca de 8.600 estudantes de 30 países se formaram na Escola Latino-Americana de Medicina de Havana desde que foi inaugurada em 15 de novembro de 1999, pelo líder da Revolução Fidel Castro.

O doutor Juan Carrizo, reitor da Casa de Altos Estudos, falou que o programa de formação de médicos não se limita à faculdade de medicina em questão, mas que envolve outras 22 existentes ao longo da Ilha.


Com uma concepção humanista e solidária, o projeto continuará aumentando o exército de médicos que vaticinara Fidel Castro, pronto para cumprir a mais difícil e complexa missão.

Carrizo ressaltou a preparação integral dos estudantes, do ponto de vista acadêmico e cientifico, além do compromisso social e espírito solidário e internacionalista adquiridos.


Fonte: Rádio Havana, reproduzida pela blog Solidários

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.