Cuba e Brasil assinam acordo para exportação e produção de medicamentos

07/11/2009 14:54

HAVANA, Cuba, 06 de nov (ACN) - Cuba e Brasil assinaram na quarta-feira um acordo para produzir salbutamol durante o terceiro dia da 27ª Feira internacional de Havana (FIHAV-2009) que se encerrou neste sábado, no centro de exposições EXPOCUBA na capital cubana.

 

O documento prevê que Cuba fornecerá 300,000 unidades de salbutamol para esta nação sul-americana e estabelece igualmente a criação de uma joint-venture para produzir 20 milhões de unidades deste produto médico, destinado basicamente a asmáticos.

De acordo com o convênio, Cuba também fornecerá outros medicamentos, incluindo produtos biotecnológicos. Ainda irá receber medicamentos do Brasil.

O Ministro cubano do Comércio Exterior e Investimentos, Rodrigo Malmierca, chamou a atenção para o fato que as vendas de Cuba para o Brasil aumentaram 44% em relação a 2008.

Ele acrescentou que, como parte das relações de cooperação bilateral, há planos, como a modernização do porto de Mariel na província de Havana e a construção de estradas de acesso, bem como outros projetos nos setores da medicina, agricultura e biotecnologia.

Por sua parte, Miguel Jorge, Ministro brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, disse que os laços entre Brasília e Havana estão no caminho certo e que o aumento das relações culturais e comerciais demonstram isso.

Referiu-se também a três outros projetos: um para modernizar uma fábrica de vidro cubana e construir uma nova; outro projeto para construir uma fábrica de leite; e um terceiro para construir uma fábrica de alumínio.

O Brasil participou da FIHAV-2009 com umas 40 empresas em áreas como biotecnologia, construção e indústria alimentar.

 

Agência Cubana de Notícias

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.