Continuar a luta pelos seus quatro companheiros é prioridade para anti-terrorista cubano

10/10/2011 02:41
Fonte: CUBAVISIÓN
Tradução: Lilian Back - Blog Solidários.
 
Irma Sehwerert, mãe do anti-terrorista cubano René González, afirmou em Havana que continuar luchando pelos quatro companheiros que permanecem presos é uma prioridade para seu filho.
 
Gerardo Hernández, Ramón Labañino, Antonio Guerrero e Fernando González cumprem condenações que chegam a dupla prisão perpétua mais 15 anos de prisão por informar sobre planos criminosos de grupos anti-cubanos estabelecidos no estado norte-americano da Flórida.
 
René González saiu da prisão nesta sexta, logo após a conclusão de sua pena, mas deverá cumprir três anos de liberdade supervisionada naquele país, em função de uma sentença emitida no último 16 de setembro pela juíza Joan Lenard, quem frustrou sua intenção de retornar a Cuba.
 
“Vejo esse dia como parte do processo. Nunca pensamos que René regressaria sozinho”, comentou Sehwerert. “Esperamos que logo a alegria seja completada, porque até que não estejam aqui os Cinco – como são conhecidos internacionalmente – não seremos felizes”.
 
Em conversa com a imprensa, a esposa de González, Olga Salanueva, afirmou que René está feliz por encontrar-se com parte de seus familiares, mas que esse sentimento não é completo: “ele disse que está respirando ares de liberdade depois de 13 anos, mas necessita os ares de liberdade de Cuba”.
 
“O perigo para a vida de René existe, é latente em qualquer lugar do território estadunidense em que se encontre”, advertiu Salanueva.
 
“De fato, por problemas de segurança, não podemos dizer onde está, porque sabemos quantas ações perpetraram nesse país – disse – se não houvessem terroristas ali, cinco homens não haveriam tido que deixar sua pátria para monitorar essas ações”.
 
Reiterou que nenhum dos Cinco (como são conhecidos internacionalmente nas lutas por sua libertação) se arrependem do que fizeram, porque se trata de uma causa sumamente nobre.
Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.