Conselho de Direitos Humanos da ONU aprova relatório cubano

16/06/2009 00:32

HAVANA, Cuba, 11 jun (ACN) - O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (CDH) aprovou um relatório apresentado por Cuba ante o Grupo de Trabalho de Revisão Periódica Universal (RPU) do CDH.

 

Segundo o jornal cubano Granma, o CDH aprovou na quarta-feira, 10 de junho, o relatório da ilha apresentado perante o RPU a inícios deste ano, por uma delegação chefiada pela Ministra da Justiça, María Esther Reus, e pelo atual chanceler, Bruno Rodríguez Parrilla.

 

Juan Antonio Fernández Palacios, representante permanente de Cuba na Sede das Nações Unidas em Genebra, disse que o RPU teve conhecimento dos empenhos e desafios enfrentados pelo país e afirmou que era possível perceber como a comunidade internacional condena o bloqueio dos Estados Unidos contra Cuba a partir das opiniões de diferentes delegações, que tiveram acesso ao documento. 

 

O diplomata afirmou que Cuba foi universalmente apoiada nas áreas de direitos econômicos, sociais e culturais. Os excelentes sistemas de saúde e educação em Cuba também foram muito elogiados pelas delegações.

 

Das 89 recomendações feitas, Cuba aceita de modo total 60, e forneceu informações adicionais e observações sobre 17.

 

Cuba se opôs a algumas recomendações devido à sua incompatibilidade com o direito à autodeterminação do povo cubano, enquanto outras mostraram uma falta de conhecimento sobre a vida em Cuba.

 

Na discussão sobre a Ilha, vários oradores continuaram a defender os princípios da objetividade, imparcialidade e independência, quando de realização de direitos humanos se trate. Destacaram que Cuba foi e permanece um bom exemplo de respeito pelos direitos humanos, incluindo os aspectos econômicos, sociais e culturais.

 

Fernández Palacios recordou que Cuba é vítima de um bloqueio injusto e acrescentou que, apesar deste obstáculo, é muito ativa na esfera dos DDHH.

 

O diplomata manifestou profundo agradecimento a todos os Estados-membros que apoiaram a reeleição de Cuba para o Conselho de Direitos Humanos.

 

Agência Cubana de Notícias

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.