Comemorado aniversário de Fidel Castro com exposição fotográfica

16/08/2009 19:31

 

HAVANA, Cuba, 13 ago (ACN) - O 83º aniversário do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, foi celebrado nesta quarta-feira com a abertura de uma exposição fotográfica que sintetiza, simbolicamente, a vida desse ícone da identidade nacional.

 

Ricardo Alarcón de Quesada, presidente da Assembléia Nacional do Poder Popular, destacou que o fato excepcional que o povo cubano fosse capaz de criar um homem que o simbolizasse em suas melhores expressões, era motivo de satisfação para todos. Ressaltou que é impossível abarcar a vida tão intensa de Fidel em uma mostra apenas, pois em sua existência estão presentes, de uma maneira ou de outra, todos os que habitam esta Ilha.

 

Alarcón recebeu de mãos dos cinco fotógrafos que participam da exposição um quadro com imagens excepcionais para entregá-lo a Fidel, em pessoa. Idêntico presente obteve Armando Hart, diretor do Escritório Nacional do Programa Martiano por ser um dos protagonistas da história nacional, nestes últimos 50 anos. 

 

Hart enviou a Fidel uma mensagem pelo seu aniversário em que o chama de “melhor dos discípulos do mais universal dos cubanos” [José Martí], pois soube materializar na grande obra da Revolução Cubana os pensamentos mais entranhados do Herói Nacional.

 

À inauguração estiveram presentes também Alfredo Guevara, presidente do Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano, e Rubén del Valle, primeiro vice-ministro da Cultura, entre outras personalidades.

 

Fotos de Osvaldo e Roberto Salgas, Liborio Noval - pertencentes à chamada época da imagem épica da Revolução-, de Pablo Caballero e Alex Castro, junto a obras plásticas de Adigio Benítez, Ever Fonseca e Alexis Leyva compõem esta exibição, que reflete os acontecimentos verdadeiros da Revolução nestes anos.

 

O ensaísta Rafael Acosta de Arriba assinalou que a exposição reúne imagens desde o ano 1955, quando Fidel organizava o movimento revolucionário, até a atualidade, incluindo uma fotografia tirada pelo Comandante Ernesto Che Guevara, em janeiro de 1959 quando pediu ao fotógrafo Liborio Noval sua câmera para testar uma lente.

 

Agência Cubana de Notícias

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.