Camila Vallejo encontra Fidel: “para nós, ele é uma bússola”

09/04/2012 20:33

O líder da Revolução cubana, Fidel Castro, reuniu-se por três horas com a líder estudantil chilena Camila Vallejo, vice-presidente da Federação de Estudantes da Universidade do Chile (FECH), com a secretária-geral da entidade JJCC (Juventudes Comunistas do Chile), Karol Cariola, juntamente com a delegação das Juventudes Comunistas do Chile (JJCC).


Em entrevista ao CubaDebate, Karol ressaltou a emoção de estar diante do líder máximo da revolução que é um “exemplo de luta, de consequência, é um homem que transmite solidariedade, conhecimento, que transmite uma inteligência tremenda, que nos dá força para dizer: bom, temos que seguir lutando para construir o que heróis como ele, Che, Gladys Marín, Pablo Neruda e muitos outros heróis latino-americanos, de Cuba, do Chile e de outros países do mundo deixaram como herança”.

Camila disse, ao mesmo veículo, que para ela “e para toda a juventude comunista do Chile, ele é uma das lideranças mais importantes no mundo, um grande visionário. Para nós, o que ele diz, reflete, o que nos indica é uma bússula”. Ela contou que perguntou a Fidel que mensagem ele poderia dar para a juventude chilena e a resposta foi: “[os jovens chilenos] não precisam de nenhum conselho, eles sabem muito bem para onde caminhar. Eles têm sido um exemplo de luta e creio que também conseguiram resgatar o valor e a confiança no ser humano”.

Segundo Camila, Fidel também disse que os estudantes chilenos transformaram “a realidade em força. Que fizemos uma leitura da nossa realidade e de nossas condições materiais e dissemos ‘bom, há uma força que pode se levantar, produto desta desigualdade, produto deste descontentamento, que é uma força transformadora”.

Ela acrescentou ainda que todas as reflexões de Fidel são luz e esperança para o Chile.


 

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.