Assembleia Geral da ONU faz homenagem a Fidel Castro

31/12/2016 12:19

Os países membros da Assembleia Geral da ONU fizeram uma homenagem nesta terça-feira (20) ao líder da revolução cubana, Fidel Castro, falecido no último dia 25 de novembro. 

 

Divulgação
Fidel Castro em discurso na ONUFidel Castro em discurso na ONU

Organizado pela Missão Permanente de Cuba na ONU, a sessão especial de homenagem foi solicitada por diversos países de todos os continentes. 

Em nome das organizações globais e regionais, foram feitos pronunciamentos recordando a personalidade de Fidel e seu legado construído após a revolução cubana, principalmente nas áreas da saúde, da educação e da ciência e tecnologia. 

O representante permanente da missão da Venezuela, Rafael Ramírez, em sua intervenção afirmou que seu país guarda uma eterna gratidão a Fidel por seu apoio à revolução bolivariana. “Eu tive o privilégio de escutar suas orientações, de conhecê-lo e trabalhar de perto com o político de maior impacto do século 20”. 

Já o porta-voz da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) ressaltou que Fidel deve ser lembrado como um dos líderes mais influentes do mundo. 

O embaixador tailandês Virachai Plasai, que falou em nome do G-77, organização que engloba 134 dos 193 países membros da ONU, destacou o legado da figura de Fidel. 

A sessão especial foi iniciada com um minuto de silêncio pela morte do líder histórico. O presidente da assembleia, Peter Thomson, que abriu os trabalhos, ressaltou a visão de Fidel e seu chamado aos povos de salvar o mundo da guerra, do subdesenvolvimento, da fome, da pobreza e da desnutrição, em defesa dos recursos naturais e da dignidade humana.
 

Do Portal Vermelho, com agências

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.