Anúncios em jornais dos EUA cobram liberdade dos Cinco Cubanos

26/01/2011 20:44

A Alianza Martiana, composta por diversas organizações sociais, publicou nesta segunda (24) um anúncio diferente em dois jornais dos Estados Unidos (EUA). O manifesto encaminhado a toda sociedade exigiu do governo norte-americano a liberdade de René González, Antonio Guerrero, Ramón Labañino, Gerardo Hernández e Fernando González, os chamados Cinco Cubanos que estão presos no país há mais de 12 anos.

O mesmo apelo já havia sido feito em Miami, no último dia 11. Para a Alianza, os anúncios "são outra prova de nosso inevitável compromisso com a justiça e nossa exigência de que se conceda a liberdade imediata aos Cinco através de um perdão presidencial".


A campanha mundial em defesa dos Cinco Cubanos cada vez mais ‘se amplia e se aprofunda’, assegura a Alianza. "O exemplo nosso aqui em Miami incentivará o resto deste movimento mundial que exige a imediata liberdade dos Cinco", acredita o grupo.


Ao longo destes 12 anos, diversos atos, como campanhas internacionais, protestos e documentos já foram feitos numa tentativa de sensibilizar as autoridades estadunidenses para reavaliar o caso dos considerados ‘heróis cubanos’, mas até agora não se obteve sucesso. Alguns especialistas afirmam que o caso deixou de ser jurídico e passou a ser meramente político.


Os Cinco Cubanos foram presos em 12 de setembro de 1998 em Miami, na Flórida (EUA), acusados de cometerem atos terroristas, por violar leis federais e espionar o país. De 26 acusações às quais foram submetidos, 24 estão relacionadas com falsificação de identidade e descumprimento de registro por serem estrangeiros. No entanto, em nenhum momento há registro de uso de armas ou ações violentas, e, mesmo assim, eles receberam sentenças severas, que chegam até duas condenações em prisão perpétua.


Direitos como receber visitas de familiares ou pagamento de fiança, lhes foram negados. Além disso, por mais de um ano eles foram mantidos em celas solitárias. Os documentos que poderia ser utilizados pela defesa dos réus são considerados secretos e estão retidos para que não haja chance de nenhum recurso de apelação em favor dos cubanos.


Histórico de conflito


O conflito entre Cuba e Estados Unidos vai além do caso dos Cinco Cubanos. Somado a isso existe ainda o bloqueio econômico que a nação estadunidense mantém há anos contra a ilha cubana. No entanto, mostras de que muitos países não concordam com essa política já foram dadas por mais de 15 vezes quando, durante as Assembléias Gerais das Nações Unidas (AGNU), a comunidade internacional condenou os Estados Unidos por causa desta política.


Fonte: Adital

Voltar

Pesquisar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.